O PCO continua na folia e hoje é dia de Escola de Samba

Depois de entrar de cabeça no carnaval, tendo participado da ala operária do Cordão Carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga e ter realizado seu primeiro baile de carnaval, contra o golpe de Estado, animado pela banda Charanga, com suas marchinhas de carnaval, e a banda Pierrôs de Aninha, com samba de raiz, chegou a hora do PCO participar do desfile da Escola de Samba “Em Cima Da Hora Paulistana”.

A Escola de Samba é da região da Capela do Socorro, extremo sul de São Paulo. Fundada em 20 de janeiro de 1998, a escola foi a campeã do desfile da quarta divisão do samba, em 2016, com o tema “Nas asas da coruja do samba, Gabi e Vivi bailando como vôo das borboletas – História viva do carnaval paulistano”.

Esse ano, agora na terceira divisão, vem com o enredo “A Coruja do samba reverencia sua raiz…Mocidade Alegre, 50 anos, emoção de toda uma vida”.

A “Em Cima Da Hora” teve a iniciativa de convidar todos que queiram desfilar de graça, fez inclusive um evento no facebook, veja no link https://www.facebook.com/events/356111854788186/

O PCO foi convidado a formar uma ala durante o desfile, e desta feita convidamos todos a comparecer.

Acompanhe aqui a letra do samba-enredo, aprenda-o e venha desfilar conosco.

https://soundcloud.com/jair-santos-2/samba-enredo-2017-escola-de-samba-em-cima-da-hora-paulistana

Lá vem ela
50 anos de passarela
Em Cima da Hora vai com ela
Com grande emoção

A coruja do samba
Reverencia sua raiz
Mocidade Alegre
Orgulho do samba de nosso país

Os mariposas recuperadas
Foi o inicial pontapé
Não desfilava mulherada
Só homens vestidos de mulher

Batam palmas minha gente
Para muitos é modelo
Pois é pioneira
É nós temos como espelho

Grandes Baluartes
Pessoas inesquecíveis
É a morada
24 horas de samba imperdíveis

Venha ver quem é
A Mocidade pra você
E quem quiser

 

Anúncios

Venham cair na folia no baile de carnaval contra o golpe

Hoje, logo após a Análise Política da Semana, o já tradicional programa da Causa Operária TV, apresentado pelo presidente nacional do PCO, Rui Costa Pimenta, será realizado pela primeira vez o baile de carnaval contra o golpe feito pelo PCO.

O baile acontece justamente no momento em que a direita avança com o golpe de Estado e freneticamente a imprensa burguesa ataca o carnaval e seus blocos de rua. Até marchinhas de carnaval, fantasias estão sendo censuradas.

Todos os militantes de esquerda, progressistas, e lutadores populares estão convidados, independente do seu partido, o único critério é ser contra o golpe e a direita.

Por isso não deixe de comparecer no CCBP (Centro Cultural Benjamin Péret) hoje, sábado, dia 25, a partir das 15 horas, na Rua Serranos, 90, perto do metrô Saúde.

Confira quem vai animar esse grandioso baile de carnaval contra o golpe de Estado no Brasil.

A primeira atração do baile será a bateria da escola de samba “Em cima da hora paulistana” da região da Capela do Socorro, extremo sul de São Paulo. Fundada em 20 de janeiro de 1998, a escola foi a campeã do desfile da quarta divisão do samba, em 2016, com o tema “Nas asas da coruja do samba, Gabi e Vivi bailando como vôo das borboletas – História viva do carnaval paulistano”. Esse ano, agora na terceira divisão, vem com o enredo “A Coruja do samba reverencia sua raiz…Mocidade Alegre, 50 anos, emoção de toda uma vida”.

Depois da bateria, quem entra em cena é a banda Charanga, que animará o baile com marchinhas de carnaval tradicionais. No repertório, não ficarão e fora “Allah-la Ô”, “Máscara Negra”, “Bandeira Branca”, “Chiquita Bacana”, “Cabeleira do Zezé”, “Mamãe eu quero”, “A Canoa Virou”, “A Pipa do Vovô”, “Jardineira” e uma marchinha que homenageia o poeta surrealista e militante trotskista Benjamin Péret, que dá nome ao CCBP. Serão tocadas músicas autorais homenageando os imigrantes que vieram para o Brasil, Porpeta Mia, Japa, Portuga, Buxa o Cordão, marchinhas de personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo de Monteiro Lobato e muito mais. A banda é liderada por Sérgio Turcão no violão, xequerê e voz, Samuel no trombone, Pão Doce no Saxofone, Luíza Grife no bumbo e Fê feres na caixa.

Para encerrar o dia, já ao cair da tarde, os sambistas do Cordão Carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga vão se apresentar com a banda Pierrôs de Aninha, apresentando um repertório selecionado de sambas raiz da pauliceia. Clássicos como “Trem das Onze” e “Saudosa Maloca”, de Adoniran Barbosa, “Volta por cima”, de Paulo Vanzolini, e “Silêncio no Bexiga”, de Geraldo Filme, entre muitas outras obras primas do samba paulista.

E não para por aí, na segunda-feira (27) todos estão convidados para desfilar na ala organizada pelo PCO na Escola de Samba “Em Cima da Hora Paulistana”. Entre em contato conosco e participe do carnaval contra o golpe.

Ao vivo! Análise política da semana com Rui Costa Pimenta

Nesse sábado, às 11 horas como já é tradicional, o Presidente Nacional do PCO, Rui Costa Pimenta, apresentará, ao vivo, a Análise Política da Semana.

O programa traz o debate acerca dos principais acontecimentos políticos da semana, nacionais e internacionais. Esta discussão é de fundamental importância para se ter uma política independente e classista, e não agir como a esquerda pequeno burguesa que se guia, na maioria das vezes, pela imprensa burguesa.

Hoje Rui Costa Pimenta comentará sobre a nomeação de Alexandre de Moraes; a privatização da CEDAE e a crise no Rio de Janeiro, dentre outros temas nacionais. A movimentação política internacional será debatida também.

Mesmo em viagem à Europa, onde compareceu em uma série de encontros do movimento de brasileiros contra o golpe, Rui Costa Pimenta vai apresentar a análise, ao vivo, a partir das 11 horas.

Venha debater com os companheiros do PCO neste sábado, no Centro Cultural Benjamin Péret, Rua Serranos, 90, ou via transmissão ao vivo pelo canal do Causa Operária TV no YouTube.

É amanhã o baile de carnaval contra o golpe

Pela primeira vez o PCO realizará seu baile de carnaval. Vai acontecer no CCBP (Centro Cultural Benjamin Péret) neste sábado, dia 25, a partir das 15 horas.

Já estão confirmadas três atrações musicais.

A primeira atração do baile será a bateria da escola de samba “Em cima da hora paulistana” da região da Capela do Socorro, extremo sul de São Paulo. Fundada em 20 de janeiro de 1998, a escola foi a campeã do desfile da quarta divisão do samba, em 2016, com o tema “Nas asas da coruja do samba, Gabi e Vivi bailando como vôo das borboletas – História viva do carnaval paulistano”. Esse ano, agora na terceira divisão, vem com o enredo “A Coruja do samba reverencia sua raiz…Mocidade Alegre, 50 anos, emoção de toda uma vida”.

Depois da bateria, quem entra em cena é a banda Charanga, que animará o baile com marchinhas de carnaval tradicionais. No repertório, não ficarão e fora “Allah-la Ô”, “Máscara Negra”, “Bandeira Branca”, “Chiquita Bacana”, “Cabeleira do Zezé”, “Mamãe eu quero”, “A Canoa Virou”, “A Pipa do Vovô”, “Jardineira” e uma marchinha que homenageia o poeta surrealista e militante trotskista Benjamin Péret, que dá nome ao CCBP. Serão tocadas músicas autorais homenageando os imigrantes que vieram para o Brasil, Porpeta Mia, Japa, Portuga, Buxa o Cordão, marchinhas de personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo de Monteiro Lobato e muito mais. A banda é liderada por Sérgio Turcão no violão, xequerê e voz, Samuel no trombone, Pão Doce no Saxofone, Luíza Grife no bumbo e Fê feres na caixa.

Para encerrar o dia, já ao cair da tarde, os sambistas do Cordão Carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga vão se apresentar com a banda Pierrôs de Aninha, apresentando um repertório selecionado de sambas raiz da pauliceia. Clássicos como “Trem das Onze” e “Saudosa Maloca”, de Adoniran Barbosa, “Volta por cima”, de Paulo Vanzolini, e “Silêncio no Bexiga”, de Geraldo Filme, entre muitas outras obras primas do samba paulista.

Venham todos, convide seus familiares, seus amigos e vamos cair na folia. Os convites terão dois preços, um de R$15,00 com direito a uma cerveja ou refrigerante e o convite de R$ 50,00 que da direito a uma caneca personalizada para beber chopp a vontade.

E não para por aí, na segunda-feira (27) todos estão convidados para desfilar na ala organizada pelo PCO na Escola de Samba “Em Cima da Hora Paulistana”. Entre em contato conosco e participe do carnaval contra o golpe.

Samba raiz de São Paulo no baile de carnaval contra o golpe

Os sambistas do Cordão Carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga vão se apresentar com a banda Pierrôs de Aninha, apresentando um repertório selecionado de sambas raiz da pauliceia.

Clássicos como “Trem das Onze” e “Saudosa Maloca”, de Adoniran Barbosa, “Cara limpa” e “Volta por cima”, de Paulo Vanzolini, “Silêncio no Bexiga” e “Tradição”, de Geraldo Filme, entre muitas outras obras primas do samba paulista, de compositores como João Borba, Toniquinho Batuqueiro, Ideval Anselmo e Tio Mário.

O Kolombolo foi fundado em 15 de maio de 2002, por Renato Dias, Max Frauendorf e Ligia Fernandes. O seu objetivo é divulgar e valorizar o samba paulista através da realização de rodas, shows, encontros, registros fonográficos, produções audiovisuais e as mais diversas parcerias.

A banda Pierrôs de Aninha é composta pelos membros do Kolombolo: Aninha Batucada, Renato Dias, Lígia Fernandes, Lucas Laganaro e Sidnei Paixão.

O PCO participou no dia 18 de fevereiro do cordão pré-carnavalesco do Kolombolo, formando a ala dos operários, que chamou bastante a atenção dos foliões com os seus pirulitos cheios de reivindicações dos trabalhadores.

Não dá para ficar de fora, venha festejar no carnaval contra o golpe no Centro Cultural Benjamin Péret (CCBP), sábado 25, a partir das 15 horas.

Entre no evento do facebook e confirme sua presença.

https://www.facebook.com/events/1403610146349842/

Banda Charanga apresenta marchinhas no Baile de Carnaval contra o golpe

Banda Charanga, liderada por Sérgio Turcão no violão, xequerê e voz, Samuel no trombone, Pão Doce no Saxofone, Luíza Grife no bumbo e Fê feres na caixa, vem com tudo um repertório de marchinhas de carnaval tradicionais.

Não ficarão de fora “Allah-la Ô”, “Máscara Negra”, “Bandeira Branca”, “Chiquita Bacana”, “Cabeleira do Zezé”, “Mamãe eu quero”, “A Canoa Virou”, “A Pipa do Vovô”, “Jardineira” e uma marchinha que homenageia o poeta surrealista e militante trotskista Benjamin Péret, que dá nome ao CCBP.

Serão tocadas músicas autorais homenageando os imigrantes que vieram para o Brasil, Porpeta Mia, Japa, Portuga, Buxa o Cordão, marchinhas de personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo de Monteiro Lobato e muito mais.

Venha participar desse maravilhoso baile de carnaval contra o golpe, sábado 25 de fevereiro a partir das 15 horas.

Nesse sábado, participe do cortejo do Kolombolo na Vila Madalena

Participe com o PCO no próximo final de semana, no pré carnaval, do cortejo do cordão carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga, que será realizado na Vila Madalena, capital paulista. “O Encantamento da Saracura no 15º ano do Galo da Encruzilhada” será o tema do cortejo e os militantes integrarão a ala dos operários, juntamente com a ala das rumbeiras, dos marinheiros e dos caiapós.

A marcha-tema do cortejo já está disponível e pronta para os participantes decorarem.

A homenagem é ao galo rubro negro, símbolo da agremiação de resistência cultural fundada há 15 anos e ao bairro do Bixiga, símbolo da origem do samba paulista.  

Participe dessa grande festa que reúne centenas de apreciadores da festa mais popular do País. Traga sua fantasia e caia na festa!
carnaval1

Após o cortejo, no dia 25, o Centro Cultural Benjamin Péret em parceria com o Partido da Causa Operária (PCO) apresentam o 1º Baile de Carnaval do CCBP. A banda de marchinhas carnavais Charanga já está confirmada e além das tradicionais marchinhas da festa, apresentarão a homenagem preparada ao poeta surreal francês e patrono do centro cultural, Benjamin Péret.

Venha curtir ao som de Alalaô, Máscara Negra, Bandeira Branca e muitas outras, curta as páginas do PCO e marque presença no evento.

Serão vendidos ingressos em duas modalidades: simples, que dará direito ao show e a uma bebida à escolha (refrigerante ou cerveja), no valor de R$ 15,00 e open chope que dará direito ao comprador chope à vontade a festa inteira, com uma caneca de brinde para lembrança.

Desfile Escola de Samba Em Cima da Hora

Para finalizar, o Partido também irá desfilar junto com a Escola de Samba Em Cima da Hora, da terceira divisão da União das Escolas de Samba Paulistas. A competição vale vaga para a segunda divisão.

A atividade ocorrerá na Zona Sul, Rua Padre Olivetano, 607 (metrô Vila Matilde). A participação é gratuita.

Não fique de foras das várias atividades dessa festa mais popular, feliz e do povo trabalhador que existe no Brasil! Entre em contato e venha curtir:

pelo email: sorg@pco.org.br
telefone fixo: (11) 2276-2548
TIM: (11) 98589-7537
Vivo: (11) 96388-6198
Claro: (11) 97077-2322
Oi: (11) 93143-4534
Skype: Diário Causa Operária
Whatsapp: (11) 98427-2254
Facebook: Diário Causa Operária Online, jornal Causa Operária e Partido da Causa Operária

A música e a arte como instrumento de agitação social contra a direita

Neste sábado (4), o Uzwela – conversa sobre cultura recebe o músico, professor e pesquisador Luciano Morais. O bate-papo acontecerá no auditório do Centro Cultural Benjamin Péret (CCBP), às 19 horas, com entrada gratuita e transmissão ao vivo através das páginas da Causa Operária TV.

Contrário ao golpe de Estado, o professor participa do movimento pela anulação do impeachment e retorno de Dilma Rousseff à presidência. O companheiro convidado contará um pouco sobre sua vida na arte, seu ensino da música e também analisará algumas músicas eruditas relacionando-as com a situação política do País.

Marque presença no evento, curta e compartilhe as páginas do PCO.

Não perca! Para assistir ao vivo acompanhe o facebook e YouTube. Para assistir presencialmente, o CCBP fica na rua Serranos, 90, próximo a estação saúde do metrô.

Enquanto isso, assista ao debate “2015, o ano que não começou” que Luciano participou:

Sábado: Análise Política da Semana, com Rui C. Pimenta

Assista no próximo sábado, 14, com o presidente nacional do Partido da Causa Operária, uma análise política semanal de um ponto de vista marxista.

O golpe caminha para seu segundo ato. O Senado Federal já está pronto para afastar a presidenta Dilma Rousseff. No entanto, diante do cenário que tem mudado com extrema rapidez, todos ficam confusos. Por isso, a importância da discussão e esclarecimentos da posição a tomar.

É possível acompanhar presencialmente ou via internet. Para assistir presencialmente basta ir ao Centro Cultural Benjamin Perret, local onde ocorre a plenária, na rua Serranos, 90. Para quem reside fora da cidade de São Paulo é possível assistir ao vivo, via internet, no Diário Causa Operária Online ou CausaOperariaTV, no youtube.

Ato de abertura da 24ª Conferência Nacional do PCO será transmitido ao vivo pela internet

A Causa Operária TV estará transmitindo ao vivo o ato de abertura da 24ª Conferência Nacional do Partido da Causa Operária, que será realizado na próxima sexta-feira, dia 22 de abril.

Continuar lendo